Fantasma

Fantasma de outrora,
Realmente está na hora,
De te dizer - sem mais demora -
Que não te quero perto de mim!
Vai-te embora, lá pra fora,
Para bem longe daqui!

Deixa o meu coração torturado,
Esquecido, negligenciado...

Fantasma doutros tempos,
Não te quero aqui, 
Muito senti, 
muitos foram os lenços...
Volta para o teu buraco,
Para o teu intocável espaço!
Não te quero perto mim.
24.03.2011

0 degraus subidos:

Enviar um comentário

Inspira. Escreve.