A Praia

As areias rolam 
Pelo meu corpo
- imaculada pele branca 
Que se funde neste chão.
No céu azulado,
frágeis nuvens são levadas 
de empurrão.
O sol encadeia quem
O mar quer ver,
Penso em ti,
O que estarás a fazer?

Os pequenos brincam,
Os grandes correm,
Os fatos pingam
As ondas morrem... 
Os meus pés em si imersos.
Espreito para o horizonte
- neste oceano imenso - 
Tento ver-te lá, no longe.
Entre nós, 
o ar suspenso. 


12.04.2011

0 degraus subidos:

Enviar um comentário

Inspira. Escreve.