Instante

"Penumbra" | shoot me
Paro em plena estrada.
O pavimento desmaiado
E à minha volta, nada. 
Saio do carro e
Sou abraçada pelo espesso
nevoeiro.
Esqueço-me das linhas 
Do roteiro.

Num impulso químico, 
Do peito que sustenta a dor,
Pela minha alma anímica,
Grito o teu nome.
E, nesse silêncio madrugador,
O mundo é meu.

14.06.2011

0 degraus subidos:

Enviar um comentário

Inspira. Escreve.