Degraus

Quando o estranho indefinido te leva
A remexer geograficamente pelo desconhecido,
Procura o que te completa.

 Mas, se num degrau estagnaste,
Numa página que já viraste,
Para. Encontraste o teu poeta.  

01.11.2011

"coração nas mãos" | Ana Félix
 

2 degraus subidos:

Inspira. Escreve.