De:Composição

"DreamLand" | Tiago Braga

Vivo distante de mim
Num outro tempo.
Vizinha do coração
E de esperança na mão,
Pé ante pé, sigo equilibrada, 
O caracol em escada.
Espero o que todos querem,
Somos aquele e aquela -
anónimos nesta esfera de cópias
E repetições.
O medo do escuro,
Num dia espelhado pelo sol.
A pele translúcida do corpo
Que se imagina e que se agarra
Em pranto - a saudade!

E a vontade febril de soltar 
O calor vivo deste recipiente 
Vazio, empoeirado, abandonado 
Respirar o teu ar.
28/07/2014 6 23/03/2015


0 degraus subidos:

Enviar um comentário

Inspira. Escreve.